Community and Society

Opinião de uma Médica sobre Serra como Ministro da Saúde

Hoje estive numa médica.

Ela votou e votará no Serra porque na sua opinião técnica ele foi o melhor Ministro da Saúde que tivemos:

  • Na época de Serra no Ministério da Saúde, médicos recebiam constantemente informativos sobre o que fazer caso recebessem pacientes com diversos tipos de doenças.
  • Serra peitou a indústria farmacêutica e implantou os Genéricos.
  • Citou outras coisas que ela gostou em sua gestão.

Disse também que quando Lula assumiu a presidência e colocou o Ministro Temporão no lugar:

  • Esses programas informativos acabaram.
  • O Brasil gastou muito dinheiro com vacinação da H1N1 quando a Organização Mundial da Saúde admitiu ter superestimado essa pseudo-epidemia. Minha opinião: isso mostra desprepáro técnico da equipe ministerial atual e mais suscetibilidade a possivel lobby da indústria farmacêutica.
  • O Brasil gastou o dobro do que deveria numa vacinação contra rubéola. Segundo ela, somente mulheres precisam ser vacinadas pois a rubéola é inofensiva, sendo perigosa somente quando a infecção ocorre durante a gravidez e homens não engravidam. Minha opinião: novamente falta de preparo técnico da atual equipe ministerial.

Ela disse que médicos em geral votam em Serra justamente por seu bom histórico como Ministro da Saúde.

9 comments to Opinião de uma Médica sobre Serra como Ministro da Saúde

  • Guilherme

    Bem, o Serra também tinha R$ 40 bilhões a mais por ano de orçamento para a saúde. Ser “melhor ministro da saúde” nessas condições não é sintoma de qualidade, é a obrigação. Mas graças ao partido dele o CPMF foi extinto.

    • Long, long shot. Impossível dizer se eram 40 bilhões a mais há 10 anos atrás.

      Ou melhor, desculpinha safada para desqualificar a boa gestão do Serra. É o que eu sempre digo, não voto na Dilma acima de tudo por conta dos seus seguidores.

      Perdeu a oportunidade de fazer uma contestação válida, por exemplo que o sucesso como ministro nem de longe garante o sucesso como presidente. O tal do “nível de incompetência” da Lei de Peter.

  • Thiago

    É, a inquisição petista é realmente implacável com “opiniões erradas”

  • LuiZ Andrade

    Filhão,

    Eu acho engraçado você se afirmar “longe de ser bem informado” e ao mesmo tempo se achar informado o suficiente para afirmar que uma candidata é “meio que desconhecida” e que acha o outro “menos pior”. Você não sabe se o problema pelo qual passou sua babá é do governo federal ou estadual, mas ainda assim acha que “é melhor votar no Serra”.

    Você diz que sua médica estava embasada em “argumentos técnicos”, mas desconsidera que a “opinião” dela se apoiava em coisas falsas como essa falsa-paternidade dos genéricos, ou sobre este material de comunicação do MS, que são as cartilhas do MS, que supostamente não mais existiriam. Se a sua médica não o recebe, deveria perguntar aos governos estaduais e municipal, que não os distribuem, que os boicotam, assim como boicotam diversos programas federais na área de saúde, apenas por cinismo eleitoral, e em prejuízo da população.

    Se vc ainda acha que minha argumentação não deixa claro que questiono TODOS os tais pontos, é porque você não leu com atenção o que eu escrevi ou citei. Leia primeiro, tenha esta informação, e então seguimos em frente na conversa.

    Se é pra ficar em exemplos individuais, eu tenho diversos histórias minhas de péssimo atendimento e de negação de procedimentos médicos feita pelos próprios planos de saúde privado pelos quais paguei por anos. Mas não acho que usar uma história isolada aqui ou outra ali serve para analisar o macro, que é o mais importante nesse caso.

    Se vc acha que o governo federal é “só tapinha nas costas”, como você explica 19 milhões de pessoas saindo da linha da pobreza extrema, e 30 milhões de novas que ascenderam à classe média? Como você explica a revolução na demografia nas universidades públicas? Como você explica a inédita redução da desigualdade social? É esta visão de inclusão social, de pensar na população como um todo, e não de ter a visão arrogante dos pássaros de bico grande, que está promovendo esta mudanças, só não vê quem realmente não quer ver!

    Problema e defeitos dos executivos é muito fácil encontrar e apontar, sempre existirão. Mas a “visão de mundo” que dá direcionamento às ações são claramente diferentes num grupo político e no outro, e a menos que você seja contra o que citei no parágrafo acima, acho que é uma boa referência pra você pautar seu pensamento.

    Eu te enviei, mas não sei se leu o texto do Jorge Furtado, “10 falsos motivos para não se votar na Dilma!” Está em: http://www.casacinepoa.com.br/o-blog/jorge-furtado/dez-falsas-raz%C3%B5es-para-n%C3%A3o-votar-na-dilma

    Vc disse: “Eu aceito que as coisas no Brasil não estejam boas”. Que coisas são essas?
    E se vc acha que o Brasil não tem “planos de médio e longo prazo”, como é que acha que um ex-ministro do planejamento, que não criou essas tais condições, é a solução “menos pior” pro país?

    Abraços,
    LuiZ

  • LuiZ Andrade

    Aviram,
    meu amigo, você se diz “longe de ser alguém bem informado”, porém o seu blog tem uma audiência altíssima e disso você tem total consciência. Aliás, seu blog também costuma sair nas primeiras posições em diversos tipos de pesquisa no Google, e disso você também sabe.
    Portanto, eu acredito que você deveria considerar esses fatos quanto postasse coisas desses tipo. Você está “terceirizando” a opinião de alguém que você provavelmente confia, mas isso, por si só, não confere nenhuma credibilidade às “informações” apresentadas. E acaba influenciando muitas pessoas assim.

    Talvez médicos que trabalhem para excelentes hospitais e grandes planos de saúde, que ao sair do trabalho peguem seus carros importados e sigam para seus apartamentos confortáveis no Morumbi, Higienópolis ou Jardins pensem como a sua médica pensa.
    Mas seria legal você pesquisar aqueles que atuam pelos rincões do país, que vivem os augúrios da saúde pública, entre outros. Eu já vi muito médico “descendo a lenha” neste candidato, e não só como ex-ministro da saúde, mas também como ex-ministro do planejamento que não planejou nada de bom para o país, como prefeito que não cumpriu o mandato apesar da promessa registrada em cartório, etc.

    Bem, quem quiser ler mais coisas “do outro lado”, veja: http://www.conversaafiada.com.br/politica/2010/06/21/uol-revela-pesquisa-secreta-serra-o-pior-ministro-da-saude-do-mundo/

    Como eu disse, acho que vale a pena, pra esse tipo de post, se atentar pra mostrar opiniões de todos os lados. Você pode não ser jornalista, mas seu blog acaba sendo um grande formador de opinião.
    Abração!
    LuiZ

    • Avi

      Já faz tempo que meu blog não tem audiência elevada. E se aparece alto em pesquisas no Google é só sobre assuntos tipo tecnologia ou viagens, jamais política.

      Essa médica não precisaria desse tipo de informativos que recebia do governo federal, mas calculei que um médico que atua pelos rincões do país, ou os que vivem os augúrios da saúde pública, para usar suas palavras, esse tipo de informativo lhes seria útil e benéfico para a sociedade. Por que então uma iniciativa como essa pararia? Bem, não tenho instrumentos técnicos para argumentar, nem conheço todos os fatos, nem todos os contextos, nem todas as finanças.

      Talvez você achar que médicos que trabalham para excelentes hospitais e que usam carros importados (definitivamente não é o caso dessa médica) irão automaticamente votar em candidatos da direita seja o mesmo conceito que lhe pré-estabelece que o candidato da esquerda é melhor para o país.

      Também achei interessante como sua argumentação não contradiz os pontos levantados por ela e que citei aqui, os quais vindos de uma médica me parecem sólidos como aço. Só se preocupa em eu propagandear ou não. E como procuro usar meu blog de forma responsável, achei que seria algo bom e útil para publicar.

      Outro fato real, vivido agora pela babá de minha filha, foi quando ela teve uma gastrite mês passado e o sistema de saúde público tratou ela somente com tranquilizante, tipo adiando o problema para ver se isso se cura sozinho. Ela teria que fazer uma endoscopia para entenderem a causa do problema, mas o sistema lhe respondeu que endoscopia só é feita em caso de pré-morte. Resultado: nós pagamos uma endoscopia particular para ela. Para mim está claro que o sistema de saúde público está muito aquém do que quer ser. Só não sei se esse mau exemplo da babá é uma questão federal (PT ultimamente), estadual ou municipal (PSDB ultimamente, no caso de São Paulo).

      Só sei que corrigir isso precisa de planejamento, ação, execução. E tenho a constante impressão que o PT, principalmente o Lula, é inclinado a achar que se resolve as coisas só com tapinha nas costas, politicagem. E uma ideologia calcada a 40 anos atrás que talvez esteja obsoleta para o mundo e o Brasil de hoje.

      Eu aceito que as coisas no Brasil não estejam boas. Eu tenho esperanças que as coisas melhorem. Mas acho inaceitável o governo não ter sequer um plano de curto, médio ou longo prazo para corrigir cada problema. Enquanto isso, sempre que vou para Brasilia vejo obras de extensão nos prédios dos Ministérios para receberem mais funcionários. Para que, eu não sei.

  • Di

    Oi Avi, o que pouca gente sabe, e que o Serra tinha como amigo pessoal e consultor tecnico, o David Capistrano Filho, do PT, ate o falecimento desse. Sei pois estive no enterro onde o Serra fez essa declaração. Mas, não acho que nada disso desmereça o trabalho dele como ministro. Um bom gestor tem que saber utilizar-se das boas ideias dos outros, alem das suas proprias.

  • Oi Avi,

    Só uma pequena correção. Apesar do Serra ter levado a fama, quem peitou a indústria e implantou os genéricos foi o Jamil Haddad, então Ministro da Saúde do Itamar Franco. (http://www.pharmanet.com.br/legisla/d1.htm).

Leave a Reply

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>