Travels

Especulações sobre Segurança em Vôos

Sendo um too frequent flyer, tenho alguns questionamentos existenciais e possíveis respostas para exigências que nos fazem durante vôos.

Apertem os cintos

Prá que fechar o cinto de segurança se mal sinto o avião se mexer, a cadeira é super confortável e não há mais ninguém na pista que faça o piloto ter que dar uma derrapagem ou manobra radical? — perguntaria o leigo.

Na verdade, o ideal é ficar com o cinto fechado durante todo o vôo. O verdadeiro problema são bolsões de ar inesperados que o avião pode atravessar e cuja diferença de pressão pode fazer a aeronave cair uns bons metros. Se você não estiver de cinto, sua inércia te jogará para cima com força, a ponto de poder bater a cabeça no teto da cabine.

Desliguem os aparelhos eletrônicos

Isso me parece uma tremenda bobagem principalmente quando, hoje em dia, dizem que o modo avião não é suficiente e o aparelho precisa ser completamente desligado. Algumas teorias:

  1. Dizem que os sinais de rádio recebidos e transmitidos por esses aparelhos podem interferir nas comunicações internas da aeronave ou do piloto. Essa não é uma explicação convincente porque todos esses sinais usam freqüências muito diferentes justamente para que não interfiram uma na outra.
  2. Internet, ligações, SMSs, joguinhos etc que esses aparelhos oferecem podem distrair num momento que querem que você preste atenção nos avisos de segurança. Nesse caso deveriam pedir que largássemos e fechássemos livros e revistas também, o que seria quase ridículo.
  3. E se tais aparelhos (até no modo avião) emitem tanta interferência, por que então dezenas de televisores do avião não são desligados também ?
  4. E se meu celular interfere nos aparelhos do avião, por que nunca vi os aparelhos do avião interferirem no meu fone Bluetooth? Eu certamente ouviria ruído misturado com o Concerto de Piano №21 de Mozart que me iluminava no último vôo.
  5. Me ocorre também que querem que você assista a programação de suas TVs e leia as suas revistas de bordo. E claro, veja a propaganda de seus anunciantes.
  6. Outra possibilidade é que um laptop é grande e duro o suficiente para se manter no colo, principalmente em situações em que pode haver muita turbulência e ele machucar alguém.

Atualização de 29/08/2013: assisti este divertido vídeo que concorda com o meu ponto №2 acima:

Ergam as poltronas na posição vertical

Essa não dá prá entender. Será que é para não te facilitar adormecer no pouso e decolagem? A explicação mais plausível é a que, quando abaixadas, as poltronas podem atrapalhar a passagem de quem está na fileira de trás. Como se os vôos atuais já não fossem apertados e como se manter a poltrona erguida aumentasse muito o espaço de passagem.

Por favor dê melhores explicações se as tiver.

2 comments to Especulações sobre Segurança em Vôos

  • Henrique Sandim

    Em relação ao Cinto de Segurança você está correto na sua especulação, existem diversos relatos de passageiros e tripulantes seriamente feridos em situações de inesperadas turbulências de céu claro (CAT – Clear Air Turbulence)ou mesmo em situações em que o aviso de apertar cintos está acionado e aquele passageiro insiste em deslocar-se pelo corredor da aeronave.

    Quanto aos aparelhos eletrônicos, o André Manoel está correto, por ser praticamente impossível a certificação de uso em aviões de todos os aparelhos eletrônicos existentes, o mais prático é solicitar o seu desligamento nos momentos mais críticos do voo (procedimentos de pouso e decolagem) em que a sua interferência poderia gerar problemas mais sérios ao voo.

    E por último, mas não menos importante, o encosto da poltrona na posição vertical tem o objetivo de não bloquear a saída dos passageiros de suas poltronas em caso de emergências, ainda mais atualmente que esse espaço é tão restrito que qualquer centímetro já fará uma grande diferença. O problema é quando você está naquela poltrona com defeito e você não consegue manter o encosto na posição vertical.

    Um grande abraço

  • Andre Manoel

    A história é que aparelhos eletrônicos poderiam interferir com os aparelhos eletrônicos internos. Pense Tempest. Quando eu era pequeno eu costumava deixar o rádio ligado quando usava o computador e ouvia os sinais emitidos pelo meu TRS-80. Quando tinha processamento pesado o som era diferente, então eu sabia quando um programa tinha terminado. Supostamente as TVs de bordo foram testadas e não causam interferência, mas os aparelhos trazidos pelos passageiros não foram.

    Essa é a lógica, se esses sinais eletromagnéticos realmente representam um risco é outra história.

    Sobre os assentos na posição vertical, acho que deve ser porque quando o assento está na posição vertical ele fica travado naquela posição e em caso de acidente ele causaria menos estragos.

Leave a Reply

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>