Linux no Bradesco ?

Estava eu na fila de uma agência do Bradesco no Rio e eis que vejo reiniciarem o pedestal da foto com Linux. Um Conectiva Linux, para ser mais exato.

Pedestal Linux numa agência do BradescoPedestal Linux numa agência do Bradesco

Vi o Kernel subir, depois os serviços, depois o KDE — não lembro a versão, mas não era das mais novas — e depois entrou a aplicação na tela inteira.

Segundo novas leis, um cliente não pode esperar mais do que 20 minutos — acho — para ser atendido na agência, e para controlar isso ele recebe um bilhete numerado ao entrar na fila, que é entregue ao caixa. Este confere a hora atual com a hora do bilhete e pronto. Bem esse pedestal é usado para entregar esse bilhete para o cliente assim que entra na fila.

Diga-se de passagem, o Bradesco é um grande usuário de Java. Muitas aplicações internas de missão crítica são desenvolvidas nessa lingaugem no banco. Claro, há muito legado também em outras tecnologias, mas Java e o uso de outros Padrões Abertos estão no cerne de sua estratégia técnica. E a partir do momento em que a lógica de negócio de muitas aplicações é independente de plataforma, Linux passa a ser uma plataforma viável e com certeza usada em muitos servidores do Bradesco.

One thought on “Linux no Bradesco ?

  1. Falis Avi,
    Espero que o Bradesco invista mesmo em tecnologia nesse nível, já que eu acho que o seu banco virtual é baseada numa tecnologia não-interessante e que virtualmente o Itaú é bem melhor.

Leave a Reply

Your email address will not be published.