Tecnologia Orgânica

Numa cobertura do evento CES no caderno Link do Estadão, entre um monte de matérias sobre as novas tralhas tecnológicas apresentadas lá, há uma nota tímida sobre as bizarricies do evento.

Uma delas é uma bateria ou pilha que é recarregada com líqüidos tipo saliva ou urina.

Uma ótima invenção, de um gênero que deveria ser cada vez mais incentivado !

Porque afinal, toda essa mobilidade eletrônica e digital que a gente gosta cobra seu preço ao meio ambiente.

Diga-se de passagem, isso me lembrou as stillsuites do fictício universo de Duna (livro e filme): roupas especiais que capturam e reciclam a umidade do corpo de quem a veste, para serem usadas em ambientes inóspitos como o planeta-deserto Duna.

Leave a Reply

Your email address will not be published.