Matemática da Felicidade

A felicidade aumenta conforme diminui a distância entre o que se tem e o que se deseja.

Ou na matemática: Felicidade=1/(Querer-Ter)

Então ou você se rasga para alcançar seus altos objetivos, ou, mais fácil, trate de querer menos coisas.

4 thoughts on “Matemática da Felicidade

  1. Errado. Tem gente que quer ser zilhões de coisas, não consegue, e mesmo assim é completamente feliz. Tem gente sem ambição nenhuma que se mata de depressão. Temo que sentimentos, como outros fenômenos caóticos, não sejam matematicamente modeláveis no caso individual; apenas como estatísticas e tendências, que não nos ajudam em nada.

    http://xkcd.com/55

  2. Ou ainda a terceira alternativa, não condicionar ser feliz com ter o que quer. Eu me rasgo para alcançar meus objetivos, não tenho tudo que quero mas sou feliz, porque ter coisas não são o que eu preciso para ser feliz.

  3. Por essa lógica, se você tem tudo o que quer, então^C^C^C


    Traceback (most recent call last):
    File "", line 1, in ?
    ZeroDivisionError: integer division or modulo by zero

  4. Brandem, se vc tem tudo o que quer, sua felicidade tende ao infinito, porque da teoria dos números 1/0 -> ∞

    Dar erro de conta é coisa de computador.

Leave a Reply

Your email address will not be published.