Museu Afro-Brasil no Ibirapuera

O Parque Ibirapuera me recebeu de braços abertos ontem para uma rodada de bicicleta. É uma pérola de nossa cidade com aquelas árvores enormes e magestosas e pessoas bonitas praticando esportes.

Dei de frente com o Museu Afro Brasil lá dentro e aproveitei para conferir. É uma exposição permanente, densa e vasta, e muita bonita, com arte e cultura de todo o Brasil. De xilogravuras armoriais típicas do nordeste, ao grafite das grandes cidades do sul. De letras e poesias gravadas nas paredes, a panfletos do encontro nacional das trabalhadoras do sexo de Salvador. De arte e fotografia da cultura do Candomblé, a um horrendo esqueleto de navio negreiro. Este último ficava numa sala a parte, junto de mais fotografias e dizeres de FHC, Castro Alves e outros. Foi muito tocante.

Fiquei impressionado com as enormes fotografias de nativos africanos, suas vestimentas (ou ausência de) e rituais, de uma tal de Isabel Muñoz.

Enquanto andava pela exposição fiquei ouvindo Ulisses Rocha e seu violão solar, que caiu como uma luva para o momento. Sempre cai.

Não deixe de visitar.

31 thoughts on “Museu Afro-Brasil no Ibirapuera

  1. Queria saber que dia que é aberto o museu.
    Qual dia é gratuito.
    E nos dias que não é gratuito quanto é o ingreso.
    obrigada.

  2. Olá,

    Gostaria de saber mais informações sobre o horário de funcionamento, dias que estão abertos para visitas, em que parte do Ibirapuera está localizado e sobre a entrada.

    Aguardo resposta

    OBS: Gostaria que fosse esse final de semana, pois é um evento muito importante para a minha cultura Afro Brasileira e também um grande marco para a história do Negro.

    Obrigada!

    Luana Christhina

  3. costaria de saber mais sobre cultura afro sua linguagem yoruba curso muito obrigado aguardo resposta

  4. amigos meu nome é francisco josé eu moro em fortaleza ceará e venho solicitar se possivel algumas fotos antigas ,pois eu faço coleção de fotos antigas aqui em fortaleza
    por isso venho solicitar algumas fotos para minha coleção,só foto antiga aguardo sua resposta, um grande abraço do seu amigo colecionador de fotos antigas de fortaleza ceará
    francisco josé.

  5. olá…gostaria de ser mais rapido possível e abertamente pois esta um pouco confuso o site não tem algo que preciso
    quando o museu afro brasil foi inaugurado?e por quem?
    obrigada conto com vocês…

  6. O museu foi inaugurado em outubro de 2004 pelo artista plástico Emanoel Araújo.(ex- diretor da pinacoteca). Fica aberto de terça à domingo. (fecha geralmente em feriados santos e fica aberto em feriados públicos, geralmente…o melhor é telefonar perguntando: fone: 5579-0593). Ah! O melhor de tudo. É sempre gratuito!

  7. olá amigos meu nome é Francisco eu moro em Fortaleza Ceará eu faço coleção de fotos antigas aqui em Fortaleza,aquelas fotos bem antigas do fundo do baú,se vc tiver algumas fotos para minha coleção particular e poder me enviar ficarei muito feliz
    pode ser fotos de pessoas,praças,casas antigas,cidades,ônibus antigos,carros antigos,mas só mandar fotos antigas
    aguardo as fotos.um grande abraço do seu amigo colecionador de fotos antigas de Fortaleza Ceará
    Francisco.
    meu endereço é franjsouza@gmail.com

  8. Olá.!
    Preciso fazer um trabalho e gostaria de saber:
    1- Quem é o “curador” do Museu Afro Brasileiro?
    2- O que é um acervo?
    3- Quando, como e por que este museu foi criado?
    4- Qual é a localização do Museu?

  9. Uma relíquia, fotos originais da época

    O GUARANI

    Cecília uma portuguesa de família tradicional, veio c/ seus pais de Portugal p/ o Brasil no séc. XVII
    Nesta época havia muitos índios nesta região do Rio de Janeiro-RJ. Um deles se chamava Peri.
    Cecília e Peri acabaram se conhecendo e se apaixanaram, um romance proibido aos olhos da família dela.
    Por, estarem perdidamente apaixonados decidiram fugir para mata.

    Eu Jéferson Martins de Aguiar, hoje residente na cidade de Limeira-(SP) possuo as originais fotos de Cecília e Peri, onde chegou até a mim através da minha tatara-avó que foram tiradas por ela própria; pelo fato deles terem ficados um tempo na fazenda dela, escondidos da família de Cecília.
    Que na época a região onde estavam; hoje é conhecida como Região dos Lagos ,Cabo Frio e Arraial do Cabo-RJ.
    As fotos que hoje possuo estão em quadros, são originais da época.
    Chegou até a mim por ser relíquia de minha família, que foi passando de geração a geração.

    Hoje eu venho a leiloar estes 2 (dois) quadros. Ou tambem estar vendendo eles. Quero que eles estejam em boas mãos, pois tem um siguinifacado muito grande p mim. Por ser reliquia de minha familia.

    Os enteressados deveram entrar em contato pelo e-mail: rejanebiomedicina@hotmail.com
    Dizendo no assunto: quero saber mais sobre os quadros Guarani.
    Ou pelos telefones: 19 30380136 ou 19 97019960.
    Tratar com Rejane ou Jeferson.
    Quem tiver interesse em ver as fotos, poderemos marcar um horario.

  10. olha eu fui para o museu com a escola no dia 5.10.07 eu adorei saber um pouco mais sobre os escravos pq td isso tem aver com a nossa historia. quem ainda não foi lá tem que dar uma passadinha para conferir!!!!!!!!!

  11. Olá! queremos ver fotos!!! devido a minha distância moro em RO, por isso passe o site do Museu….

  12. gostaria de saber se ë gratuito entrar no museu AFRO tenho muita curiosidade em conhece_lo

  13. gostaria de saber se existe algum tipo de estagio relacionado a recuperação de animais silvestres ? nã tenho e-mail só telefone se for possível ? 95253597 obrigado

  14. amo aos animais tenho cinco cães e não viveria sem eles , sabem reconhecer nossa dedicação para com ele . estudo biologia e espero ajudar ainda mais …

  15. eu gostaria de saber que horários são permitida a entrada no museu gratuitos. e que dias são permitido….

  16. Eu queria que o coordenador Emanuel Araújo do Museu afro Brasil me desse uma opurtunidade de mostrar os meus trabalhos, pois sou um artista plástico anônimo.E preciso de uma opunidade . Talves eu falando fica muito suspeito, mas tenho uma produção interessante de se observar devido a natureza do meu trabalho o museu afro é o melhor lugar para pedir uma oprtunideda ,vocês não vão se arrepender ,a
    minha produção é voltada para acultura afro, espero respostas atenciosamente Edson 11/02/2008

  17. veio dizer que achei muito legal essa pagina e o museu è super!)
    nâo vejo a hora de poder ir ai de novo
    bjos

    ASS:TAIS OLIVEIRA

  18. grande merda
    odiei preciso fazer um trabalho sobre isso e eu não esperei encontrar essa bosta foi quando que um nerd escreveu sobre esse museu

  19. Olá,a quem possa interessar tenho algumas fotos antigas,uma delas é de D.PedroII e família.Estou vendendo as,contatos:g.jlima@ig.com.br,Deus te abençõe!!

  20. Amei visitar o Museu é a segunda vez que passeio no Museu Afro, gostaria de receber Imail, ilustrações da cultura indigena, afro,dos imigrantes e agradeço a oportunidade. Fui munitorada de forma excelente. Obrigado!

Leave a Reply

Your email address will not be published.