Volto pro Brasil Mais Não

Fiquei sabendo do nefasto acidente meia hora depois que aconteceu.

Estou a trabalho nos EUA e depois conto detalhes. Mas tenho interagido com pessoas de diversos países que ficam me perguntando sobre o acontecimento, dando suporte etc, porque me tem como “referência de Brasil”.

Eu tenho orgulho de ser brasileiro, mas esse sentimento tem definhado.

Um colega comentou sobre um conhecido vitimado no acidente que deixou esposa e três filhos, uma delas de só 4 mêses de idade.

Corrupção leva a desordem, que leva a negligência, que leva a morte. Corrupção mata. A bala no revolver é mais rápida que a corrupção, mas é também menos eficiente. Quem duvida é só passar na avenida Washington Luis em São Paulo.

Outro colega me sugeriu nem voltar. Ficar por aqui. Com um tom de “esse país não tem mais jeito”.

2 thoughts on “Volto pro Brasil Mais Não

  1. Cuidado com a manipulação ideológica!
    Nos EUA se passa mais tempo de espera em aeroportos do que no Brasil. Você sabia que o órgão que controla rádios e TVs dos EUA (fundado em 1934) já fechou mais de 140 canais de rádio e TV? (para lembrar do caso RCTV)

    Você sabia que as investigações, ainda não concluidas, podem indicar que o piloto vinha numa velocidade acima do permitido?

    Que a globo vem tentando manipular a opinião pública porque não esta recebendo grana fácil? Que esta mesma Rede Globo de televisão declara todo ano as doações dos milhões de brasileiros ao Criança Esperança com sendo dela e recebe isenção no imposto de renda?

    O problema é quase sempre a fonte da informação e os interesses habilmente eles escondem.

  2. Sim para o fato de que os USA não é o país modelo, sim para o fato de que algumas mídias contam os fatos conforme sua visão.

    Mas peraí, também não tanto assim. Concordo que as investigações ainda devem ser concluídas para que possamos tirar nossas próprias conclusões desse episódio todo, mas falar que a Globo está alterando tudo também é exagero. Eu viajei algumas vezes para SP recentemente e tive vários problemas de atraso dos aviões devido ao fato de as companhias aéreas estarem usando a pista alternativa (como me foi dito para pelo pessoal da própria companhia – GOL, TAM e VARIG). Será que, por pressão das companhias aéreas, a pista central não foi aberta antes do momento certo? Será que realmente era prudente abrir a pista quando ela estava inacabada? (as ranhuras para escoamento de água não estavam prontas!!!).

    Acho que num caso como este, onde não estamos reasfaltando uma avenida onde passam caminhões, carros e motos (no pior dos casos, um acidente envolveria 10 pessoas), mas sim um local onde aviões pousam, isto é, grandes pedaços de metal em alta velocidade carregando centenas de pessoas. A responsabilidade em um obra desta deve ser maior do que em uma reforma de pista de carros.

    Enfim, sem conclusões precipitadas, minha opnião é de que pode ter havido sim uma falha humana (seja torre de controle ou piloto), mas definitivamente a irresponsabilidade de deixar uma pista inacabada operando, foi a falha principal. Principalmente porque havia ocorrido, no dia anterior, um problema relacionado à este fato.

    É Avi, eu também estou cada vez “menos brasileiro”. É triste, mas minha esperança de que isso se resolve um dia (e estou falando de 10 a 20 anos, e não na eleição seguinte) está chegando ao fim.

Leave a Reply

Your email address will not be published.