Não Tenho Mais Carro !!

Estou até me sentindo mais verde… Vendi meu carro esta semana simplesmente porque não estava mais usando-o.

Eu e Tati trabalhamos perto e tentamos casar os horários. Quando não dá, usamos ônibus, metrô, carona ou taxi na ida ou na volta, nunca nos dois.

Num contexto familiar, dois carros é muitas vezes um luxo desnecessário e caro para seu bolso. Acompanhe:

  1. Nos últimos anos gastei uns R$1300 por ano em impostos [R$110 por mês].
  2. Mais uns R$1200 por ano em seguro [R$100 por mês].
  3. Mais uns R$200 a R$300 por mês em gasolina.

Ou seja, sobra de R$400 a R$500 por mês para, eventualmente, gastar com taxis quando for necessário.

Isso sem falar no custo de oportunidade do dinheiro que estava materializado e depreciando num carro e que agora é líquido e pode ser investido e render juros. Comprei novo meu ex-Astra em 2003 e paguei R$33500. Vendi semana passada por R$24800. Se tivesse colocado esse primeiro valor num investimento conservador, a 13% ao ano, teria hoje uns R$45530.  Essa é uma conta bem por cima, meti numa planilha a seguinte fórmula:

=FV(13%;ANOS_QUE_FIQUEI_COM_O_CARRO;VALOR_DO_CARRO/ANOS_QUE_FIQUEI_COM_O_CARRO)

Um amigo me disse que a quantidade de poluição, emissão de carbono e desgaste a natureza que é necessário para fabricar um carro é infinitamente maior do que toda a poluição que você, usuário do carro, vai produzir ao usá-lo.

Hoje ainda não abro mão do conforto de um carro, mas estou convencido de que, num contexto familiar, é mais difícil um segundo carro se justificar.

Replaneje sua vida, faça as contas, livre-se de um carro e devolva um planeta melhor para seus filhos.

11 comments on “Não Tenho Mais Carro !!

  • Salve AVI !! Excelente gesto de ECO-ATITUDE! Um dia, seja pela sociedade ou governo, esse tipo de posicionamento será reconhecido seja através de redução de impostos ou qualquer outra forma. Vou fazer minhas contas e tentar seguir seu exemplo. Quando eu conseguir vou postar aqui http://blog.fabianofaco.com/2008/10/14/sou-um-so/ onde tenho listado as posturas que estamos mudando aqui em casa. Fique a vontade para contribuir! Abraços Facó
    Obs.: Manda essa planilha para o meu email ?

    Reply
  • Muito bem!!!
    Eu ando de Biz aqui no interior do Paraná!
    Rápido e viável considerando os locais que preciso ir.
    E muuuito econômico!
    Divulgue essa idéia Avi!!
    🙂

    Reply
  • Para quem mora perto do trabalho um automóvel as vezes já é mais do que suficiente. Agora para quem mora longe, o transporte público é muitas vezes inviável. Além de muito mais lento e mais caro, em alguns casos também não é confiável (trólebus que param, greves etc). São Paulo tem uma deficiência de metrô de pelo menos 20 anos, já que os últimos governadores pouco fizeram para melhorá-lo. Melhor que defender um só automóvel, é defender um transporte público de qualidade, rápido, conectado e barato.

    Reply
  • Jose Fernando says:

    Olá Avi, venho acompanhando seu blog desde que iniciaram as discussões sobre o OOXML na ABNT. Raramente comento blogs mas este tópico não tive como não comentar, afinal eu também fiz isso desde setembro passado, mas eu comprei uma bike descente e estou rodando com ela pela cidade… É muito melhor e a diferença de velocidade média é despresível para curtas distâncias.

    Parabéns pelo Blog, pelo filho e principalmente, pelas suas idéias.

    Um grande abraço!

    Reply
  • Avi… esta contabilidade fiz em 2007 e foi uma grande benesse para meu espírito. Trabalhando em casa e vendo o meu velho Gol depreciando a cada dia, apresentando já sinais de ferrugem e para andar menos de 200 km por mês, decidi fazer esta troca. Deixo em casa sempre os recursos para um taxi de emergência, tenho números de taxi que funcionam com cartão de crédito, para emergências, tenho vários números de taxistas no celular, e pronto…qualquer emergência emergência mesmo, eu chamo um deles! Fora isto, morando em Recife, em um bom local, vizinho a um corredor de ônibus, e pedalando muito, carro para quê?

    Reply
  • Tive este mesmo raciocínio em Julho de 2009 e agora estou muito feliz em poder mandar teu link para meus amigos que me chamam de doido! 🙂

    O contexto pessoal é muito importante para que se decida pela opção de não ter o carro, porém, todos podemos encontrar uma forma de necessitar bem menos do veículo e assim pode ser compensado por caronas, rodízio com colegas de trabalho, transporte público, taxi.

    Parabéns por agir racionalmente e demonstrar para o mundo que é possível…

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>