O Violão Solar de Ulisses Rocha

Esses dias peguei estrada e coloquei aquele CD chamado Brasil Musical onde ouvi pela primeira vez o Ulisses Rocha. Desde aquele primeiro choque, anos atrás, quantas coisas maravilhosas conheci desse violonista e compositor !

Ulisses RochaSim, hoje sei que Ulisses Rocha superou os monumentais do violão brasileiro: Sebastião Tapajos, Raphael Rabello, Paulinho Nogueira, e até Paulo Bellinati. Ele é completo e faz tudo de forma singular. Quando compõe, ampla e magnificamente, com uma inspiração solar, revela um canal aberto com planos transcendentais, espirituais. Mas é quando ele executa suas composições que suas harmonias alcançam nosso coração. Fico imaginando qual outro violonista poderia tocar Ulisses Rocha….

Não, não há sambas, maxixes, choros e bossas no repertório de Ulisses. Devemos recorrer aos outros monumentais para essas pulsações: Paulinho Nogueira, Rabelo, Canhoto, etc. Não que isso lhe falte, pois sua linguagem e sintonia são universais.

Sua técnica é intrigante. Por mais que escuto não consigo entender o que ele faz diferente. Só sei que é. Num perfeito balanço entre graves e agudos, que preenche cuidadosamente todo o ar. Quando digo técnica não me refiro a velocidade da pegada, tocar com os dentes, ou com o violão nas costas, mas a quantidade de beleza produzida quando 10 dedos encontram 6 cordas.

Mas onde está Ulisses Rocha no conhecimento das pessoas? Poucos ouviram falar, poucos o escutam. Isso me lembra a história de Bach, Mozart, etc, que eram praticamente desconhecidos à sua época, mas que suas obras se perpetuaram na universalidade décadas, séculos depois. Como eles, Ulisses nos traz o futuro hoje.

Não saia daqui antes de ouvir algumas de suas músicas (clique com o botão direito sobre o link para baixar o MP3 de alta qualidade antes de ouvir):

E conheça também outros violonistas brasileiros:

17 thoughts on “O Violão Solar de Ulisses Rocha

  1. Oi Avy

    Lí seu texto e realmente fiquei emocionado, mas não só pelos elogios, mas pela leitura precisa de minhas intenções musicais quando menciona que em meu trabalho não aparecem as formas tradicionais do violão brasileiro pois deixo isso para os outros e busco uma conexão universal. Matou a pau! É exatamente isso.

    Sinto também uma forte barreira em relação à fruição de meu trabalho pois sei que o mesmo não se encaixa nas tendências atuais, mas o que fazer? Só sei tocar passando primeiro pelo coração . Fico feliz em saber que consigo atingir alguns poucos, porém com muita força, que é o que importa para mim.

    Muito obrigado. Ganhei o dia.

    Forte abraço

    Ulisses

  2. Avi,

    quando li Richard Gehr em um comentário sobre o Show de Ulisses Rocha com Ferragutti e Nelson Ayres o qual fizeram agora em abril nos EUA, Richard comenta: “Trio 202 consists of three Brazilian acoustic-instrument virtuosos — pianist Nelson Ayres, guitarist Ulisses Rocha, and accordionist Toninho Ferragutti — who made their US debut together last night at New York’s Jazz Standard.” e “Like a lilting musical antidepressant, Trio 202 produce a lightheaded sense of awe at the skill and restraint this fine and fizzy extension of tropical dance music demands”, logo depois, li sua descrição quando escutou pela primeira vez Ulisses. Para mim,Ulisses altera a percepção da realidade com sua música, assim sinto. Eu conheci sua música aplicando reiki e sentia-me profundamente tocada.
    Gostei do seu texto sobre ele e gostaria de pedir sua permissão para usá-la com os devidos créditos e inserir num projeto pra tentar fechar um show aqui em Niterói.
    Eu realmente amei a forma com que vc relatou, vc conseguiu com que as palavras expressassem exatamente o que se sente quando se houve uma música de Ulisses Rocha.

    Aguardo seu retorno.
    um abraço,

  3. Que bom que gostou, Marcia.

    Estou ancioso para ouvir o Trio 202. Nem sei se já tem CD para vender. Mas conheço os 3, e são todos feras, a altura de Ulisses.

    Pode usar o texto. Na íntegra ou só partes. Se ele for divulgado numa mídia digital, ajude o meu blog e coloque um link para a fonte.

  4. OLÁ MEU NME É MARIA JULIA TENHO 8 ANOS E ENTREI NO SITE E VI SUA FOT BO BELO RECURÇO NÃO É EU ACHEI ENTREI NO AQUI E VI SUA FOTO E QUERIA DEIXAR UM COMENTÁRIO ME MANDE AÇGUMAS INFORMAÇÕES!

  5. Pingback: Avi Alkalay
  6. Oi Avi,
    Conheci o trabalho de Ulisses a algum tempo atràs através de uma coletania de musicas instrumentais da revista Cara. Foi amor a primeira vista, sua sonarização me encanta e fascina. Quanto ao seu texto ele é ótimo, voce fala a verdade pura e objetiva de um grande músico. Abraços Léo Mantovani

  7. Prezado Sr. Ulisses:
    A qualidade de suas músicas são demais! E ainda existem pessoas buscando músicos estrangeiros, com tanta gente boa neste país!
    Afora as conhecidas, conheci por intermédio de um sobrinho “Três Dedos”, que é não é somente boa, mas sim FANTÁSTICA!
    Mais recentemente assisti Instrumental Sesc Brasil onde V.S., Nelson Ayres e Toninho Ferragutti deram um show.
    Coisa de outro planeta!
    Genial!

    Meus parabéns.

    Pedro Pereira Fernandes neto

Leave a Reply

Your email address will not be published.