A Diferença SUSE↔OpenSUSE e Red Hat↔Fedora

É ainda uma pergunta muito recorrente qual a diferença entre SUSE e OpenSUSE, Fedora e Red Hat. Por mais óbvio que seja para várias pessoas.

Quando comparamos distribuições Linux como SUSE com OpenSUSE e Red Hat com Fedora, são estruturalmente idênticas mas tem alguns componentes internos que diferem na versão. Por exemplo, o OpenSUSE tem kernel versão 2.6.y e o SUSE tem 2.6.x, ou seja, tem linhas do tempo um pouco desincronizadas porque o OpenSUSE busca inovações e o SUSE estabilidade e suporte. Mesma coisa para Fedora e Red Hat respectivamente.

O OpenSUSE não tem suporte formal (só pela comunidade) e o SUSE tem via Novell. O Fedora não tem suporte formal (só pela comunidade) e o Red Hat Linux tem via Red Hat.

Para um fabricante de hardware e software, quando houver algum problema com um de seus produtos rodando junto com esses sistemas operacionais, se ao depurar a causa descobre-se que é um problema no SO, só há compromisso da Novell ou Red Hat de corrigir o problema se o cliente estiver usando um SUSE ou Red Hat cujo suporte foi comprado.

Outra vantagem é que o laboratório de tal fabricante de HW ou SW terá mais facilidade em tentar reproduzir o problema com o SUSE ou Red Hat do que com OpenSUSE ou Fedora porque os primeiros são os suportados e o que têm rodando em seus testes.

Para a Novell, usar o SUSE sem comprar seu suporte anual é a mesma coisa que usar o OpenSUSE. Do ponto de vista de correção de falhas o suporte é inexistente. Mesma coisa para a dupla Fedora↔Red Hat, este último menos confuso por terem nomes completamente diferentes.

Para entender melhor a diferença entre as famílias de Linux SUSE e Red Hat e escolher a melhor, veja este artigo.

One comment on “A Diferença SUSE↔OpenSUSE e Red Hat↔Fedora

  • Oi Avi.
    Textinho bem interessante para o pessoal que está começando em Linux e tem esse tipo de dúvida. Me questionam muito sobre isso em palestras. eles perguntam por exemplo: “Se tem o Fedora, pq uma empresa vai comprar o Red Hat?”
    A moral da história que eles precisam entender é: Nenhuma empresa vai colocar Linux no seu parque de TI só pq linux é grátis e seguro… elas não querem algo simplesmente grátis. As empresas precisam de alguem para por a culpa, por isso, elas pagam por uma distribuição e querem o suporte para usá-la.
    []s

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>